Angélica de rastos no funeral da filha: “Sinto a tua falta meu amor”

Angélica em profunda dor após a perda da filha às 23 semanas de gravidez.

A jovem teve que ser submetida a um parto de emergência, há cerca de duas semanas, depois de ter sentido a bebé. Foi imediatamente para o hospital, mas já não havia nada a fazer.

Ontem, cerca de duas semanas depois do triste desfecho, pôde despedir-se da bebé, nas cerimónias fúnebres. A cunhada do cantor Diogo Piçarra partilhou nas redes sociais uma fotografia que mostra a dor do momento, juntamente uma descrição em forma de homenagem.

“Meu amor, É cada vez mais difícil esconder e lidar com esta dor. Sinto que está a tomar conta do meu corpo, do meu jeito de ver a vida e a dos outros. Sinto tanto a tua falta meu amor, que posso até ouvir meu coração chorar. Hoje não posso olhar me no espelho porque sei que tu, minha Lua, não estás lá”, começa por escrever a ex-concorrente da Casa dos Segredos.

Leia Também: Angélica Jordão indignada com médicos: “Você sabe que a bebé já não é sua.”

“Quando vejo outras grávidas baixo a cabeça porque essa era eu há duas semanas! Odeio quando as pessoas me dizem: ‘ainda está nova, poderá ter outros’, quando eras tu que eu queria e sentia! Eras tu que eu queria! Quando tive a necessidade de acordar de madrugada para bombear o leite que deveria ser teu, saber que as pessoas estão a ser fortes por mim, saber que o teu pai está a conter as lágrimas para ser forte por mim”.

Apesar da dor avassaladora que sente, Angélica Jordão, que é casada com Jacob Kane, diz que encontrou alguma paz ao despedir-se da filha na cerimónia religiosa. “Hoje consegui ter a minha paz e foste com Deus. Espero que sim, que ele exista e te guarde com carinho. Lua, tu foste a minha maior aventura. Minha melhor amiga e o meu verdadeiro amor. Obrigada por me deixares ser tua mãe. Hoje finalmente tiveste o teu descanso. E para sempre estarás nos nossos corações. Amo-te muito muito muito minha Lua”.