Mulher decapitada em ataque terrorista em Nice. Há pelo menos 3 mortos

Um homem armado com uma faca gritou “Allahu Akbar” e decapitou uma mulher e matou duas outras pessoas no que está a ser classificado como um ataque terrorista.

Links patrocinados

O caso aconteceu durante a manhã desta quinta-feira, numa igreja na cidade francesa de Nice, disseram as autoridades policiais.

O presidente da câmara de Nice, Christian Estrosi, que descreveu o ataque como terrorismo, disse no Twitter que aconteceu na igreja Notre Dame da cidade ou próximo desta, e que a polícia havia detido o agressor.

Links patrocinados

Estrosi disse que o agressor gritou a frase “Allahu Akbar”, (Deus é o maior).

Acredita-se que uma das pessoas mortas dentro da igreja seja o diretor da igreja, disse Estrosi. O agressor continuou a gritar “Allahu Akbar” mesmo depois de ter sido detido, disse Estrosi. “O suposto atacante de faca foi baleado pela polícia enquanto estava detido. Ele está a caminho do hospital, está vivo”, disse ainda aos jornalistas.

“Basta! É hora de a França se exonerar das leis de paz para erradicar definitivamente o islamo-fascismo do nosso território.” revelou ainda o autarca.

Uma fonte policial disse que uma mulher foi decapitada. A política francesa Marine Le Pen também falou de uma decapitação ocorrida no ataque.

“Os métodos correspondem, sem dúvida, aos usados ​​contra o corajoso professor de Conflans Sainte Honorine, Samuel Paty”, disse ainda Estrosi, referindo-se a um professor de francês decapitado no início deste mês num ataque num subúrbio de Paris. Estrosi disse que uma mulher tentou escapar de dentro da igreja e fugiu para um bar em frente ao prédio.

Agora, em Nice, não são ainda claros os motivos do ataque ou se existe alguma conexão com o islamismo e as caricaturas da revista “Charlie Hebdo”, que nesta semana exibiu uma do Presidente da Turquia, Erdogan.

Partilhe com os seus amigos: