Após noite descontrolada, Bárbara Guimarães “perde” a filha e tribunal quer exames de álcool e à cabeça

Após noite descontrolada, Bárbara Guimarães "perde" a filha e tribunal quer exames de álcool e à cabeça

Foi em fevereiro deste ano que as autoridades bateram à porta de Bárbara Guimarães, durante a noite, para lhe retirar a filha devido a um ambiente conflituoso e descontrolado que se fazia sentir. Agora, em abril, o tribunal impôs vários exames à apresentadora.

Links patrocinados

A vida da apresentadora Bárbara Guimarães parece não melhorar. Depois de no passado dia 19 fevereiro, pelas 23h30, Dinis Maria, de 17 anos, ter alertado o pai, Manuel Maria Carrilho, que a mãe estaria descontrolada com a filha mais nova, Carlota, de 10 anos.

Na sequência da denuncia, as autoridades foram a casa da apresentadora e retiraram Carlota a Barbara Guimarães. Desde então, a filha do ex-casal continua em casa do pai, por decisão do Tribunal de Família e Menores.

Links patrocinados

A polícia descreveu que a estrela da SIC estaria em estado de embriaguez e perturbada, tendo mesmo sido feita uma queixa que seguiu para o Ministério Público, por alegados maus-tratos de Bárbara à filha Carlota.

Entretanto, e ainda de acordo com a ‘Nova Gente’, a menina foi ouvida no DIAP no passado dia 9 de março, tendo confirmado o sistemático estado de alcoolismo da mãe. Terá ainda descrito os seus comportamentos mais descontrolados e agressivos, sobretudo à noite.

A mesma publicação avança ainda que o tribunal convocou uma “Conferência de Família” para a passada quinta-feira, 8 de abril, mas que impôs um exame de alcoolismo a Bárbara Guimarães.

Partilhe com os seus amigos: