Cabo Mor da GNR não aguenta pressão e coloca termo à própria vida

Cabo Mor da GNR não aguenta pressão e coloca termo à própria vida

Só na última semana, dois militares da GNR colocaram termo à própria vida.

Links patrocinados

Um militar da GNR colocado na Unidade de Controlo dr Costeiro, em Lisboa, pôs termo à propria vida, esta sexta-feira, dia 28 de outubro.

Luis Jourdan, Cabo Mor da Cavalaria da GNR, terá utilizado a arma de serviço para pôr termo à vida.

Links patrocinados

Na última semana, dois militares da GNR cometeram o suicídio. Desde o ano 2000, já mais de 150 polícias acabaram com a própria vida.

Nas redes sociais, multiplicam-se as mensagens de pesar pela morte do Cabo Mor Luis Jourdan.

Leia Também: Encontrada a menina desaparecida Torres Vedras. Foi levada por taxista

“O GRUPO SOMOS FORÇAS DE SEGURANÇA, vem, desta forma, lamentar a morte de um camarada, que hoje, decidiu colocar termo à sua vida. Vertemos aqui, as nossas, mais, profundas e sentidas condolências a toda a família, amigos e camaradas do nosso CABO MOR de CAVALARIA da GNR, Luis Jourdan. Estava colocado na Unidade de Controlo Costeiro”, pode ler-se na rede social Facebook.