Agressores deixaram o corpo de Mota Jr. quatro horas na mala do carro

Corpo de Mota Jr esteve cerca de quatro horas na mala do carro dos atacantes.

Links patrocinados

David Mota foi espancado até perder a vida pelas 02h00 à porta da residência onde vivia com a família, em Sintra, a 14 de março deste ano. Pouco depois o seu corpo foi colocado na bagageira do carro dos agressores e só foi retirado pelas 06h00, tendo sido abandonado no meio do mato em Sesimbra.

Durante essas quatro horas, o corpo do rapper ficou na mala dos três agressores, enquanto estes se lamentavam pelo facto do golpe ter corrido “muito mal” e trocavam as roupas com vestígios de sangue. Os atacantes pretendiam roubar todo o dinheiro e ouro que o artista de 28 anos guardava em casa.

Links patrocinados

Foi Catarina, esteticista de 22 anos, quem atraiu o jovem artista para armadilha montada por João Luizo, Édi Barreiros e Fábio Martins. Os três homens encontram-se em prisão preventiva. Já Catarina, está em prisão domiciliária com recurso a pulseira eletrónica.

A esteticista, que trabalhava em Portela de Sacavém, trocou várias mensagens com João Luizo a preparar o golpe e foi ela quem ligou a David Mota naquela noite para o atrair para a armadilha fatal.

Partilhe com os seus amigos: