Estava a caçar javalis e mata Cláudio com tiro na cabeça acidentalmente

Autor do disparo pode-se nem ter apercebido que tirou a vida a Cláudio Nascimento.

Links patrocinados

Cládio Nascimento, pescador de 32 anos, perdeu a vida no último domingo, enquanto pescava no Rio Tua, junto à Fraga Velha, na freguesia de Valverde da Gestosa, concelho de Mirandela.

De acordo com a investigação levada a cabo pela Polícia Judiciária, o homem foi atingido por um tiro perdido. O disparo foi feito por uma caçadeira e a distância do mesmo indica que se terá tratado de um acidente.

Links patrocinados

As autoridades procuram agora o caçador que poderá nem se ter apercebido que tirou a vida a Cláudio Nascimento. Deverá ser indiciado por homicídio, seja na forma simples ou negligente.

Cláudio saiu de casa durante a manhã de domingo mas o facto de não atender o telemóvel levou os pais a procurá-lo ao local onde costuma ir frequentemente. O corpo do filho de 32 anos acabou por ser encontrado no Rio Tua na madrugada desta segunda-feira.

Segundo os pais e de acordo com a investigação levada a cabo pela PJ, o homem não tinha inimigos e não havia motivos para lhe tirar a vida com uma arma como uma caçadeira. As autoridades acreditam o autor do disparo estaria a caçar javalis.

Partilhe com os seus amigos: