Apesar das críticas, Cláudio Ramos ganha o dobro do ordenado de Maria Botelho

Apesar das críticas, Cláudio Ramos ganha o dobro do ordenado de Maria Botelho

De ambos se terem mudado da SIC para a TVI, Maria Botelho Moniz ganha menos metade do ordenado que o apresentador Cláudio Ramos.

Links patrocinados

Em 2020 os dois apresentadores mudaram-se da SIC para TVI, a convite da direção do canal de Queluz de Baixo. Abraçaram o projeto Big Brother. Cláudio Ramos era conduzia a apresentação do reality show, já Maria Botelho Moniz apresentava o ‘Extra’.

De acordo com a revista TV Guia, Cláudio Ramos passou a receber cerca de 14 mil euros, enquanto que Maria Botelho Moniz ganha metade do ordenado do apresentador.

Links patrocinados

“Pode parecer uma diferença grande, mas não é. O Cláudio foi a aposta da estação para apresentar o Big Brother, no lugar da Teresa. Já estava noutro patamar, após o protagonismo alcançado ao lado de Cristina Ferreira. A Maria, por outro lado, era repórter do ‘Olhó Baião’ e comentadora do ‘Passadeira’ [Vermelha]. Aliás, neste projeto onde estavam ambos, era visível a preponderância de um e de outro”, revelou uma fonte do canal de Queluz de Baixo à referida revista.

Em janeiro do presente ano, os dois apresentadores ganharam um papel de maior destaque na estação ao serem eles a conduzir o programa matinal da TVI ‘Dois às 10’. Para alem do ordenado fixo, os dois apresentadores ainda ganham uma percentagem das telepromoções que fazem em direito.

“Há ainda as telepromoções que ele faz, de forma regular, nas manhãs”, diz a mesma fonte.

Partilhe com os seus amigos: