DGS revela que não deu autorização a Cristina Ferreira para as gravações do programa com 200 pessoas

A diretora de entretenimento e ficção da TVI, Cristina Ferreira, encorajada com o sucesso do programa, deu início às gravações do seu programa “All Together Now”.

Links patrocinados

Esse início decorreu numa fase, em que a pandemia se destacou de tão assustadora, pelo número de infetados e mortes. O programa tem-se revelado perante os críticos, como um concurso repleto de excentricidades por parte da sua realizadora. “All Together Now”, terá a sua estreia em Março, onde a equipa técnica, concorrentes, 100 jurados e a apresentadora marcarão presença.

O número previsto de pessoas concentradas em ambiente isolado, é de 200. A diretora da TVI, declarou tempos atrás, que as gravações decorreriam no Altice Arena. Todavia, após pesquisa, a TV Guia descobriu que não será onde se realizam os concertos, mas sim na Sala Tejo. A Sala Tejo por sua vez, tem uma área bem menor que o local descrito inicialmente.

Links patrocinados

Leia Também: Discussão acesa de Teresa acaba com ameaça de morte a Pipoca: “Vou-te dar um tiro”

Os temas referidos anteriormente, devem ser interpretados com seriedade, contudo, existe um tema de maior gravidade. Cristina Ferreira, segundo consta, ignorou a autorização obrigatória da Direção Geral de Saúde e fez as gravações sem a mesma, permitindo assim um evento sem a autorização governamental.

“De facto não recebemos qualquer pedido da TVI”, deu como afirmação, um oficial da Direção Geral de Saúde.

Acrescentou dizendo:”Já fomos várias vezes questionados sobre o assunto e falámos com as outras áreas da DGS, nomeadamente com a Direção Regional de Saúde, e também não tiveram. Recebemos de casamentos, comícios, reuniões… deste programa não”.

“O que fica para o público, a quem fazemos tantos pedidos e exigências, é uma imagem que autorizámos uma coisa desta dimensão, o que, frisamos, não aconteceu”, clarificou.

Partilhe com os seus amigos: