Dois jovens bombeiros morrem a caminho de incêndio em Vinhais. Tinham 22 e 36 anos

Dois jovens bombeiros morrem a caminho de incêndio em Vinhais. Tinham 22 e 36 anos

Dois bombeiros morrem em capotamento de viatura em serviço, em Vinhais de Bragança

Ao que tudo indica os dois operacionais dos bombeiros dirigiam-se para uma ocorrência de incêndio numa localidade próxima.

Links patrocinados

Dois bombeiros morreram e outros três ficaram feridos no despiste de uma viatura do quartel de Vinhais, em Bragança. O acidente ocorreu durante a tarde desta quinta-feira, tendo a viatura dos operacionais dos bombeiros caído a uma ravina na freguesia de Vilar de Ossos, em Vinhais.

As duas vítimas mortais ficaram presas debaixo do veículo de combate a fogos florestais, entraram em paragem cardiorrespiratória, e acabaram por não sobreviver apesar das manobras de reanimação no local. Tratam-se de da Bombeira de 2.ª Neuza Guedes, de 36 anos, e do Bombeiro de 3.ª Carlos Morais, de 22 anos. ´

Links patrocinados

As mortes já foram lamentadas pelo Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

“Foi com profunda tristeza que tomei conhecimento da morte da Bombeira de 2.ª Neuza Guedes, de 36 anos, e do Bombeiro de 3.ª Carlos Morais, de 22 anos, do Corpo de Bombeiros Voluntários de Vinhais, vítimas de um acidente de viação durante o trânsito para um teatro de operações de incêndio rural”, pode ler-se em comunicado assinado por Eduardo Cabrita.

Do acidente resultaram ainda mais três feridos, um deles em estado considerado grave. Foram transportados de helicóptero para uma unidade hospitalar local. De acordo com o que foi apurado, a viatura onde seguiam cinco bombeiros, seguia a caminho de um combate a um incêndio numa localidade próxima.