Aos 58 anos, apresentador José Carlos Malato assume-se como "não binário"

Aos 58 anos, apresentador José Carlos Malato assume-se como “não binário”

José Carlos Malato assume-se como "não binário"

O apresentador José Carlos Malato, de 58 anos, atualizou a sua biografia no Instagram e referiu que é “não binário”, tornando-se numa das primeiras figuras públicas a fazê-lo em Portugal.

Links patrocinados

“Isso significa que a minha identidade de género e expressão de género não são limitadas ao masculino e feminino”, explicou o apresentador ao Correio da Manhã, referindo ainda que “o ser não binário é uma questão de princípio ativista, pelo menos para mim. Acredito que a dualidade masculino/feminino/outras está presente nos seres humanos e que a cultura e a sociedade patriarcal tentam esmagar”.

Leia Também: “Obrigado Marta”: Pedro Abrunhosa agradece a Marta Temido pelo desempenho como Ministra da Saúde

Links patrocinados

José Carlos Malato quer ser porta-estandarte da luta pela inclusividade das pessoas “não binárias” em Portugal, afirmando que o seu “não binarismo” é uma forma de “dar visibilidade a todos/todas/todes que se sentem ou são assim”.

“É também uma demonstração de empatia com todos os que se sentem como eu e um manifesto contra todas as formas de discriminação e violência que sofremos todos os dias!”, conclui.