Mãe assumiu missão de matar dez homens que lhe sequestraram e mataram a filha

Miriam Rodriguez, foi uma mãe que não precisaria de um casting para ser atriz profissional.

Links patrocinados

Após a sua filha de 20 anos ter sido sequestrada e assassinada por um gangue mexicano, a mãe decidiu trazer a justiça a cada um dos criminosos.

Para poder infiltrar-se no mundo que lhe traria vingança, a mãe da vítima cortou e pintou o cabelo, disfarçou-se e assumiu diversas façanhas para conseguir a identificação e residência dos assassinos, realizando também vários encontros com familiares dos criminosos.

Links patrocinados

A perseguição durou três longos anos, até que um por um iam sendo levados à justiça, uma vez que teriam escapado do ato brutal que fizeram à sua filha.

Os homens faziam parte de um dos quarteis mais temidos no México, com quem nem as autoridades se atrevem a mexer.

A sua missão foi interrompida em São Francisco, após um assalto ao seu lar por homens armados, que acabaram por matá-la.

A história desta mãe comoveu a sua cidade, tornando se uma heroína perante todos, pois mesmo a polícia não intervém em casos que envolvam criminosos semelhantes, saindo livres de todos os crimes que cometem.

Partilhe com os seus amigos: