Governo aprova uso obrigatório de máscara na rua durante os próximos três meses

Uso obrigatório de máscara foi aprovado pelo Governo Português esta sexta-feira.

Links patrocinados

Foi debatido e aprovado pelo parlamento, esta sexta-feira, um projeto-lei do PSP que impõe o uso obrigatório de máscara na via pública durante, pelo menos, três meses. Sabe-se que a medida poderá ainda ser renovada.

A medida foi aprovada na generalidade com votos a favor do PS, PSD, CDS-PP, votos contra da Iniciativa Liberal e abstenções do PCP, PAN, PEV e da deputada não inscrita, Joacine Katar Moreira.

Links patrocinados

Esta iniciativa, proposta pelo PSD, surgiu na sequência da proposta de lei apresentada pelo Governo na semana passada, que pretendia tornar obrigatório quer o uso de máscara quer da aplicação informática StayAway Covid.

O diploma determina que é obrigatório o uso de máscara aos maiores de dez anos para o acesso, circulação ou permanência nos espaços e vias públicas “sempre que o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde se mostre impraticável”.

Pode haver dispensa desta obrigatoriedade “em relação a pessoas que integrem o mesmo agregado familiar, quando não se encontrem na proximidade de terceiros” ou mediante a apresentação de um atestado médico de incapacidade multiusos ou declaração médica que ateste que a condição clínica ou deficiência cognitiva não permitem o uso de máscaras.

Também não é obrigatório o uso de máscara quando tal “seja incompatível com a natureza das atividades que as pessoas se encontrem a realizar”.

A fiscalização “compete às forças de segurança e às polícias municipais” e o incumprimento do uso de máscara constitui contraordenação, sancionada com coima entre os 100 e os 500 euros.

Partilhe com os seus amigos: