Mata pai e irmã grávida porque precisava de dinheiro para a droga, em Torres Vedras

Os bombeiros depararam-se com um cenário de horror quando arrombaram a porta do apartamento onde se depararam com um cenário de horror.

Links patrocinados

Sílvia, de 37 anos, grávida de 4 meses, e o pai, José Damião, empresário de 63 anos, foram encontrados sem vida em pontos opostos da habitação, no centro de Santa Cruz, em Torres Vedras.

Os bombeiros depararam-se com poças de sangue, e as duas vítimas com golpes de faca, e apenas puderam confirmar o óbito e acionar as autoridades competentes para iniciarem as investigações.

Links patrocinados

Xavier Damião, de 28 anos, é o principal suspeito, terá pedido dinheiro ao pai durante a manhã, quando este se preparava para ir trabalhar para a peixaria do qual é proprietário.

O pai, farto de sustentar os vícios do filho, recusou, e ambos iniciaram uma discussão que terminou com o filho a desferir golpes no pai. A irmã, que tentou socorrer o pai, refugiou-se na outra ponta da casa, mas acabou por morrer também sob a fúria do irmão, esfaqueada até à morte.

O homicida colocou-se em fuga com o carro da irmã, e o crime apenas foi descoberto ao final da manhã quando os clientes deram por falta do homem.

Os amigos e vizinhos da família revelaram que o desfecho não é era de todo inesperado, tendo em conta que o filho já tinha sido internado num hospital psiquiátrico de Lisboa, após um surto causado pela droga.

Partilhe com os seus amigos: