Menina de quatro anos morta por bomba caseira atirada por rapaz de 14 anos

Menina de quatro anos morta por bomba caseira atirada por rapaz de 14 anos

Menina de quatro anos morta por bomba caseira atirada por rapaz de 14 anos

Aylla Manuella Ribeiro da Piedade, uma menina de 4 anos, foi morta por uma bomba artesanal atirada para a sua cama por um adolescente de 14 anos, em Barretos, no estado de São Paulo, no Brasil.

Links patrocinados

O crime ocorreu no fim da tarde de sábado, dia 25, e foi tudo filmado pelas câmaras de videovigilância instaladas na Avenida Amador Alves de Queiroz, em Barretos. Nas imagens, é possível ver o menor, rodeado de outros adolescentes, a atirar a bomba artesanal para dentro da habitação da família da menina de 4 anos.

O engenho explosivo caiu na cama onde a menina estava a dormir e provocou ferimentos extensos. A menina foi transportada pelos pais para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e acabou por morrer.

Links patrocinados

O menor foi identificado e detido pelas autoridades locais, mas recusou-se a falar com a polícia até esta segunda-feira, não tendo revelado, para já, o motivo do ataque.

Leia Também: Homem morre esmagado por paletes em acidente de trabalho em Gaia

Quando os populares descobriram a identidade do adolescente, dezenas de pessoas invadiram a sua casa, no bairro Oriente, e incendiaram a habitação. O menor continua detido e a investigação ainda está a decorrer.