O perfil do homem que arrancou nariz à dentada a militar da GNR de Beja

O perfil do homem que arrancou nariz à dentada a militar da GNR de Beja

Já é conhecida a identidade do homem que arrancou o nariz de um militar da GNR à dentada, após ter sido mandado parar e acusar taxa-crime de álcool no sangue.

Links patrocinados

Manuel Ramos, residente em Beja, seguia embriagado num automóvel, junto com a companheira e dois filhos menores, com menos de 10 anos, quando foi mandado parar pela GNR, no âmbito de uma fiscalização rodoviária.

O condutor foi submetido ao teste de alcoolémia, que revelou uma taxa-crime de álcool no sangue, pelo que o indivíduo foi conduzido à esquadra.

Links patrocinados

Já na esquadra, o homem começou a ficar violento e deu uma dentada no nariz de um militar, arrancando-o praticamente na totalidade.

Leia Também: “Nunca se abre a porta a ninguém”: Português alerta para nova burla porta a porta

Dois colegas do militar correram para o ajudar, mas acabaram por ser também agredidos, antes de conseguirem manietar o sujeito, que foi depois detido.

Devido à gravidade dos ferimentos, os três militares necessitaram de assistência hospitalar e o militar ferido com maior gravidade foi ainda submetido a uma cirurgia de reconstrução no Hospital de São José, em Lisboa.

Nas redes sociais multiplicam-se os pedidos dos portugueses por uma pena exemplar em relação ao agressor, por receio que a aplicação de uma pena leve possa continuar a reforçar a ideia de impunidade em relação a agressores de agentes das forças de segurança.

Partilhe com os seus amigos: