Pais de uma das jovens que morreu no Meco: “Dava parte da minha vida só para ouvir a voz dela”

Pais de uma das jovens que morreu no Meco: "Dava parte da minha vida só para ouvir a voz dela"

Mãe de uma das seis vítimas que perderam a vida na praia do Meco, no ano de 2013, recorda o triste episódio um dia antes do julgamento, que terá início esta terça-feira, dia 13 de abril.

Links patrocinados

O julgamento do processo em que as famílias dos seis jovens que perderam a vida na praia do Meco, em 2013, terá início esta terça-feira, dia 13, no Tribunal de Setúbal. Os familiares das vítimas pedem indenização total de 1,3 milhões de euros.

“Dava parte da minha vida só para ouvir a voz dela”, disse a mãe de uma das vítimas, em entrevista, na véspera da primeira audiência de julgamento do processo contra João Gouveia e a Universidade Lusófona.

Links patrocinados

“Se ele era o único que lá estava, então terá que dizer efetivamente o que os levou a ir para aquela praia”, diz ainda a mãe, acrescentando que as saudades se mantêm, mesmo depois de já terem passado sete anos.

O julgamento desta terça-feira deverá começar com a tomada de declarações ao réu João Miguel Gouveia, que os familiares dos seis jovens responsabilizam pela caso ocorrido no dia 15 de dezembro de 2013, na praia do Meco, em Sesimbra, no distrito de Setúbal.

Partilhe com os seus amigos: