Família desesperada procura menina com diabetes desaparecida em Grândola

Menina desaparece sem deixar rasto em Grândola. Família está em desespero

Anúncio do desaparecimento foi feito pela irmã de Adriana na rede social Facebook.

Links patrocinados

Uma jovem adolescente, de 17 anos de idade, juntamente com duas amigas, estão desaparecidas desde o início desta semana.

Carolina Marques, irmã de Adriana – a jovem que aparece nas fotografias -, apelou nas redes sociais para ajudarem a encontrar a jovem adolescente, que sofre de diabetes Tipo 1 e não levou consigo insulina.

Links patrocinados

“Atenção pessoal de Grândola, Alcácer do Sal… A minha irmã está desaparecida junto com outras 2 miúdas.

Leia Também: Mulher do homem desaparecido em Torres Novas ouvida pela PJ

Elas fugiram da instituição em Vila Nova de Santo André. A minha irmã tem 17 anos e tem cabelo louro escuro ondulado, olhos azuis e cerca de 1,60m.

É insulinodependente e não levou consigo a insulina. Elas foram vistas foram várias pessoas perto da ‘Badoca’ e foram de boleia até ao ‘Isaías’. Têm mochilas às costas, uma delas tem cabelo preto e a outra tem um capuz azul. Até agora, são as únicas coisas que sabemos.

Pedimos a todos ajuda para as encontrarmos. A todos vocês que moram nestas zonas, por favor, se as virem entrem em contacto connosco ou com a GNR local. Mais uma vez obrigado”, lê-se na publicação feita pela irmã de Adriana.

Partilhe com os seus amigos: