Para acelerar o processo, Luciana Abreu acusa ex-marido de a violar

Atriz polémica de 35 anos está a acusar o ex-companheiro de violação para acelerar o processo em tribunal que tem com o mesmo.

Links patrocinados

Já dura há mais de um ano o processo em tribunal que Luciana Abreu tem com Daniel Souza, ex-marido. A atriz decidiu acrescentar novos factos ao processo, acusando o pai das duas filhas mais novas de violência doméstica e violação durante o período em que estiveram juntos como casal.

Na reta final do julgamento do divórcio, a atriz de 35 anos acusa ainda o ex-marido de consumir drogas.

Links patrocinados

“Entre o dia 21 de outubro, data da penúltima sessão, e a que aconteceu agora foram acrescentados ao processo, por parte da acusação, novos dados, que a juíza terá de ter em conta”, revela fonte próxima da atriz à revista TV Mais.

“Pode ler-se que a pessoa que moveu o processo [Luciana] diz ter sido vítima de múltiplas violações por parte do ex-companheiro. Vem descrito que as violações tinham como objetivo a prática de relações sexuais contra a sua vontade. Os acontecimentos descritos na adenda aconteceram no período em que viviam juntos”, acusa Luciana Abreu.

“No mesmo documento, a acusação fortalece as motivações para que se realize a dissolução do casamento alegando que o réu [Daniel Souza] consumia substâncias ilícitas regularmente e preparava algumas dessas substâncias na casa que partilhavam. Vem explicado ao pormenor, no texto que chegou à juíza, que fazia ‘bolinhos de droga’ para depois consumir”, continua a atriz.

De acordo com Rui Bacelar, advogado de Daniel Souza, o divórcio está para breve, no entanto, sublinha que a defesa poderá interpor recurso desta decisão judicial.

Partilhe com os seus amigos: