Rapariga de 17 anos violada no festival Meo Sudoeste revela suspeito à GNR

Rapariga de 17 anos violada no festival Meo Sudoeste revela suspeito à GNR

Uma jovem de 17 anos queixou-se à GNR de ter sido vítima de abusos sexuais no festival de música Meo Sudoeste, na Zambujeira do Mar, Odemira, e apontou um suspeito do grupo de sete homens suspeitos que as autoridades reuniram.

O crime ocorreu durante a madrugada de quarta-feira, quando a jovem de 17 anos se encontrava numa tenda a descansar. O agressor terá entrado na tenda e aproveitado o facto da jovem se encontrar sozinha para consumar o crime.

Leia Também: Mulher detida por ter relações sexuais com um cão durante oito anos, enquanto ex-namorado filmava

Em pânico, a jovem pediu ajuda a amigos, e a GNR foi chamada ao local. Os militares, com o apoio de colegas, conseguiram reunir um grupo de sete homens com características semelhantes às descritas pela vítima e a jovem foi capaz de apontar o alegado abusador.

A vítima foi depois levada ao hospital, para fazer testes ginecológicos, fundamentais neste tipo de processo. O suspeito, maior de idade, foi detido pela Polícia Judiciária, que está agora e investigar o caso.

Partilhe com os seus amigos: