Simão luta contra leucemia e precisa de dador de medula: "O que me assusta no meio disto tudo é a morte"

Simão luta contra leucemia e precisa de dador de medula: “O que me assusta no meio disto tudo é a morte”

Simão luta contra leucemia e precisa de dador de medula: "O que me assusta no meio disto tudo é a morte"

Simão Correia, um jovem português de 23 anos, luta contra uma leucemia há cerca de seis meses e precisa de um dador de medula óssea.

Links patrocinados

Simão foi diagnosticado com leucemia em setembro de 2022, quando decidiu procurar ajuda no hospital devido a uma gastroenterite. Aparentemente, era um jovem saudável, mas na manhã seguinte recebeu o diagnóstico que mudou a sua vida.

O jovem precisa agora de um transplante para combater a doença e procura um dador de medula óssea compatível.

Links patrocinados

Simão recorreu às redes sociais para contar a sua história e apelar a toda a gente para doarem medula óssea, não só por si, mas por todos aqueles que se encontrem em situações idênticas.

Leia Também: Jovem detido foge do Tribunal de Olhão por uma janela

Apesar de tudo, Simão é um lutador, não baixa os braços e acredita na recuperação. “O que me assusta no meio disto tudo é a morte”, desabafa.