Tirar ‘macacos’ do nariz aumenta a probabilidade de vir a ter Alzheimer

Tirar 'macacos' do nariz aumenta a probabilidade de vir a ter Alzheimer

Os cientistas acreditam que colocar o dedo no nariz pode aumentar o risco de desenvolver a doença de Alzheimer.

Links patrocinados

Segundo um estudo realizado por investigadores do Menzies Health Institute, da Universidade Griffith, na Austrália, a bactéria Chlamydia pneumoniae pode estar alojada nas nossas mãos e ser introduzida ao nosso organismo através do nariz.

Segundo a revista científica Nature, quando uma pessoa coloca o dedo no nariz, pode propagar essa bactéria às vias nasais, provocando uma infeção. A partir daí, a bactéria pode chegar até ao cérebro e aumentar o risco de vir a ter demência.

Links patrocinados

Além desta bactéria, o estudo concluiu que colocar o dedo no nariz aumenta a possibilidade de introduzir ao organismo Streptococcus pneumoniae, uma bactéria responsável por doenças como pneumonia e meningite.

Leia Também: Menina de 12 anos morre asfixiada ao fazer desafio viral do TikTok

No final da década de 90 foi observado que 90% dos pacientes com demência tinham a bactéria Chlamydia pneumoniae alojada no cérebro. Esta é uma das poucas bactérias que consegue atingir o cérebro e afetar o sistema nervoso central.

Partilhe com os seus amigos: