Toy começa guerra judicial contra o Chega

O cantor Toy processou o partido liderado por André Ventura, por ter utilizado uma música sua sem autorização.

O partido Chega e o cantor Toy estão a travar uma luta judicial, após o partido ter utilizado a música “Coração Não Tem Idade” na sua campanha eleitoral para as eleições autárquicas sem a autorização do artista.

O Chega alterou a letra da música de Toy e utilizou-a durante a sua campanha eleitoral sem ter adquirido os direitos para o fazer.

“Falei com a Sociedade Portuguesa de Autores – que é quem me administra – e eles também não receberam qualquer pedido por parte do Chega”, contou o artista.

“Ainda por cima não gosto do Chega e não quero estar associado a ele”, garantiu o cantor, acrescentando que nunca lhe foi pedida permissão para a utilização da música durante a campanha.

Leia Também: Dona Dolores responsável por travar casamento entre Georgina e Ronaldo

“Pediam autorização à SPA e a SPA dava-me conhecimento e eu podia dizer ‘não cobro nada ou cobro muito’, consoante se gostasse ou não do partido”, explicou o cantor.

“Se houver responsabilidades para apurar, que sejam apuradas. Mas já é hora de acabar com esta cultura de pseudoesquerda elitista em Portugal”, atirou.

Partilhe com os seus amigos: