Discussão por causa de conta de restaurante acaba com tiro no coração: “Era cliente há mais de 20 anos”

Desentendimento devido a conta de restaurante torna-se fatal para homem de 51 anos.

Links patrocinados

Um homem de 51 anos de idade perdeu a vida vítima de um disparo no coração, num restaurante situado na Rua das Horas, no Funchal, durante a noite da passada sexta-feira. José Carlos dos Santos, também conhecido por ‘Carlão’, não resistiu aos ferimentos e perdeu a vida no local.

José Luís, de 64 anos, autor dos disparos, atingiu ainda um outro homem na perna. Foi socorro pelos bombeiros locais, hospitalizado e não corre risco de vida. Já José Luís, foi detido pelas autoridades durante a madrugada deste sábado e o juiz aplicou-lhe medida de coação mais gravosa – prisão preventiva.

Links patrocinados

Tanto o atirador como as vítimas faziam parte do mesmo grupo e terão chegado ao restaurante por volta das 23h00 e tomaram uma bebida. Magno Rodrigues, proprietário do estabelecimento, revelou que a discussão “sobre quem iria pagar a conta” começou subitamente, tendo o autor dos disparos ameaçado dar um tiro.

Carlão, a vítima mortal, era cliente habitual do estabelecimento há cerca de 20 anos. Na mesa estavam seis pessoas e uma criança com cerca de sete anos que assistiu a tudo. Após os desentendimentos, José Luís saiu do restaurante e foi ao carro buscar uma arma. Quando voltou, começou aos disparos, acabando por acertar no coração de Carlão e na perna de outro homem.

Após os disparos, José Luís saiu do local como se nada tivesse acontecido. O dono do restaurante recorda o momento desumano e aterrorizante, revelando que o autor dos disparos nunca tinha estado no estabelecimento.

José Luís, o autor dos disparos, acabou por ser intercetado pelas autoridades já por volta das 02h00. De acordo as testemunhas, o atirador é divorciado e tem vários problemas pessoais.

Partilhe com os seus amigos: