Fnac duramente criticada após aproveitar morte de Sara Carreira para aumentar vendas

Fnac duramente criticada após aproveitar morte de Sara Carreira para aumentar vendas

A cadeia de lojas Fnac lançou uma campanha de “homenagem” a Sara Carreira, no entanto, a reação nas redes sociais tem sido negativa por parte de muitos utilizadores, o que levou a empresa a voltar atrás nessa decisão.

Links patrocinados

O álbum ‘Metade’ foi posto à venda com um preço promocional, o ‘Preço Fnac’, custando 5,99 euros, sob o lema ‘homenagem a Sara Carreira 1999-2020’. Por cima dos expositores, um cartaz exibia uma foto de Sara Carreira e o lema da homenagem.

A iniciativa gerou revolta nas redes sociais, com muitos internautas a criticarem a Fnac pela “insensibilidade” de lançar a iniciativa no dia do funeral de Sara Carreira.

Links patrocinados

Ivo Lucas não se lembra do fatídico acidente na A1

Entretanto, a empresa já assumiu o erro e promete retirar a placa dos expositores. “Têm toda a razão, já tomamos conhecimento do tema e a comunicação está a ser retirada de todas as lojas”, tem referido a Fnac, em respostas a algumas publicações que têm circulado nas redes sociais sobre o caso.