Imagens das câmaras mostram carro em que seguia Sara Carreira a capotar 4 vezes

A investigação do acidente que vitimou Sara Carreira está a ser feita pelo Ministério Público, que vai chamar para depor todos os intervenientes que estiveram envolvidos no acidente que aconteceu na A1, em Santarém.

As autoridades já estão na posse das imagens capturadas pelo sistema de videovigilância presente naquele troço da A1, perto da Póvoa da Isenta, em Santarém.

No altura do acidente, as condições meteorológicas dificultaram a visibilidade dos condutores, no entanto, o sistema de videovigilância conseguiu registar três colisões entre as 18h35 e as 18h45. Ao contrário do que a apresentadora Maya disse, a zona do acidente estava bem iluminada e tem um dos melhores pisos das autoestradas exploradas pela concessionária Brisa.

CM arrasado após divulgar imagem de Tony a chorar: “Abutres nojentos”

O Correio da Manhã, que deverá ter tido acesso às imagens captadas pelo sistema de videovigilância, revela como tudo aconteceu:

“A primeira viatura que entra no alcance da câmara é a carrinha Volkwsagen Passat, que faz uma trajetória aos esses e anda entre a faixa da direita e do meio, numa velocidade que, à primeira vista, não seria superior a 70-80 km/h. Depois, vê-se o Volvo V50 da fadista Cristina Branco, que bate em cheio na traseira desse veículo.

Após o choque, o Volvo faz um pião, e fica com a traseira virada no sentido inverso ao trânsito. Manteve sempre as luzes ligadas. O Passat sai para fora da faixa de rodagem, e fica do lado direito. A câmara entretanto roda e quando volta a filmar a zona do acidente já se vê, ao longe, duas pessoas no separador central: Cristina Branco e a filha menor.”

Antes do embate do Range Rover de Sara Carreira, pelo menos umas 10 viaturas passaram e conseguiram desviar-se do carro acidentado que pertencia à fadista, e ao Passat.

É então que se vê dois focos de luz a aproximar-se “muito rapidamente” e ocorre a colisão “no lado frontal direito do Volvo da fadista”, e o carro tomba para o lado esquerdo.

Seguem alguns metros encostado ao separador central, e capota pelo menos quatro vezes, até se imobilizar a cerca de 100 metros de distância. Aparece logo de seguida o Fiat Palio, que também se vê envolvido no acidente. Passa ao lado direito dos destroços do jipe, e aparenta ter pegado fogo por baixo”.

CM arrasado após divulgar imagem de Tony a chorar: “Abutres nojentos”

Partilhe com os seus amigos: