António Silva é a segunda vítima mortal de explosão em Vila Verde

António Silva é a segunda vítima mortal de explosão em Vila Verde

António Silva é a segunda vítima mortal de explosão em Vila Verde

António Silva não resistiu aos ferimentos e acabou por morrer este domingo. Informação foi avançada durante a manhã desta segunda-feira.

Links patrocinados

O jovem António Silva, de 28 anos, é a segunda vítima mortal de uma explosão numa fábrica de algodão, em Vila Verde.

No momento da explosão, numa unidade fabril localizada em Barbudo, perto do centro de Vila Verde, encontrava-se António Silva, também conhecido como ‘Toninho Silva’, juntamente com dois trabalhadores daquela fábrica. O incidente ocorreu na passada segunda-feira e fez duas vítimas mortais, com a segunda a ser confirmada durante o final do dia deste domingo.

Links patrocinados

Adelino Oliveira, de 60 anos, foi a primeira vítima, tendo o óbito sido declarado no local pela equipa média do INEM, na sequência das graves queimaduras provocadas pela explosão. O incidente provocou ainda ferimentos graves a outros dois trabalhadores, um deles António Silva, de 28 anos, que se encontrava internado desde esse dia.

O outro trabalhador, na casa dos 40 anos, continua hospitalizado em Coimbra, para onde foi transportado de helicóptero após a explosão.

No dia do acidente, a fábrica estava fechada para férias. No local estavam apenas os três funcionários que foram atingidos e que se dedicavam à manutenção. Em causa, segundo as primeiras informações, terá estado a explosão de um quadro elétrico.