Mãe de Beatriz recorda filha que perdeu a vida pelas mãos de amigo ciumento

Mãe de Beatriz recorda filha que faleceu às mãos de um colega ciumento

A mãe da jovem diz que não consegue superar o luto. “Ainda sinto a tua gargalhada”

Links patrocinados

Beatriz Lebre foi assassinada há oito meses, em Lisboa, por um colega de curso ciumento que estava apaixonado pela jovem. Beatriz não tinha interesso em Rúben Couto, jovem de 25 anos, o que resultou numa morte trágica.

A mãe de Beatriz não consegue superar o luto e recorda a filha. Paula fala das memórias com a filha e assume que precisa seguir em frente mas não quer deixar a filha para trás.

Links patrocinados

Paula Lebre diz que tem medo de que o tempo afogue detalhes das memórias. “Ainda sinto a tua gargalhada colada ao meu ouvido”, escreve Paula numa homenagem à filha.

Partilhe com os seus amigos: