Maria João queixou-se de “um zumbido no ouvido” dois dias antes do aneurisma romper

Atriz portuguesa de 57 anos continua internada no hospital Garcia de Orta a inspirar cuidados. Maria João Abreu foi submetida a uma primeira cirurgia que não resolveu o problema. Está em coma induzido.

Maria João Abreu foi vítima de um aneurisma cerebral e submetida a uma cirurgia, mas a operação não foi eficaz e não tratou o problema. “Os médicos não conseguiram tratar o aneurisma. O que nunca é bom sinal. Percebeu-se que ela tinha de ser operada novamente”, revelou fonte próxima da atriz.

A intérprete da sitcom “Patrões Fora”, do canal de Paço de Arcos, SIC, terá acabado por sofrer um derrame que provocou um AVC hemorrágico, revela a TV Mais.

Leia Também: Comunicado sobre o estado de saúde de Maria João Abreu

“Ela piorou. Houve uma nova hemorragia. (…) Está em coma induzido. São horas críticas”, revelou ainda outra fonte.

Entretanto, sabe-se que maria João Abreu acabou por ser operada uma segunda vez: “Correu bem. Agora, é tempo de ela descansar e aguardarmos por boas notícias”.

Dois dias antes de sofrer o aneurisma cerebral e ser internada, a atriz de 57 anos, que sofre de fibromialgia, tinha dado uma entrevista a uma revista, na qual se queixou de “muitas securas na boca”. “A língua sempre muito seca. E tenho um zumbido no ouvido”, referiu.