Milhares de pessoas juntas sem distanciamento para ver ondas na Nazaré

Milhares de pessoas juntaram-se esta quinta-feira na Nazaré para ver as ondas gigantes que caracterizam aquela localidade.

Links patrocinados

Contudo, faltou muito distanciamento físico e a correta utilização das máscaras nem sempre estão a ser cumpridos.

Nazaré proíbe acesso ao Farol para evitar excessiva concentração de público nas arribas.

Links patrocinados

A Câmara e a Capitania da Nazaré decidiram cortar o acesso pedonal à estrada do Farol, para conter a excessiva concentração de público que assiste às ondas gigantes e garantir condições de segurança, informou o capitão do Porto.
“O acesso pedonal vai ser proibido e vamos apelar à dispersão das pessoas concentradas junto ao Forte de S. Miguel para tentar reduzir os aglomerados”, disse à agência Lusa o comandante do Porto da Nazaré (distrito de Leiria), Zeferino Henriques.

Em causa está a presença de milhares de pessoas que hoje se concentraram nas arribas da praia do Norte, depois de ter sido anunciado nas redes sociais que se esperavam ondas gigantes, para quarta e quinta-feira.

Partilhe com os seus amigos: