Sandro e Márcia gastavam dinheiro que era para os filhos em droga

Sandro e Márcia gastavam dinheiro que era para os filhos em droga

Pai e madrasta de Valentina gastavam cerca de cinquenta euros semanais em estupefacientes, para consumo próprio.

Links patrocinados

Apesar de estarem em fracas condições económicas, Sandro e Márcia, pai e madrasta de Valentina, continuavam a consumir estupefacientes. Por semana, os dois gastavam cerca de 50 euros em haxixe, um estupefaciente que diziam não ser dependentes, revela a sentença do casal que tirou a vida a Valentina.

No entanto, Sandro Bernardo encontrava-se desempregado e o rendimento de Márcia Monteiro dizia respeito apenas aos subsídios de apoio pré-natal recebidos. Pelos três filhos menores de idade, o governo pagava um montante de cerca de 244 euros.

Links patrocinados

O casal tinha comprado um carro a crédito ao banco e o dinheiro não chegava para as crianças. Familiares próximos pagavam a renda da casa onde viviam, em Atouguia da Baleia, Peniche.

Naquele agregado familiar muito instável, a pequena Valentina rapidamente se tornou em mais uma despesa para o casal.

“Márcia Monteiro descurou o acompanhamento pediátrico das filhas, algum tempo depois do seu nascimento prematuro, tendo este comportamento da arguida tido influência negativa no desenvolvimento das menores”, revela a sentença que dava conta de que as irmãs de Valentina também eram votadas ao abandono.

Partilhe com os seus amigos: