Faleceu PJ Ramos Caniço vítima de Covid-19. Mulher tinha morrido há uma semana

Esposa faleceu há cerca de uma semana atrás nas mesmas circunstâncias.

Faleceu António Ramos Caniço, antigo diretor da Unidade de Informação de Investigação Criminal da Polícia Judiciária. Ramos Caniço, de 68 anos de idade, perdeu a vida durante a madrugada deste sábado, em Lisboa, vítima de Covid-19 associado a outras patologias de risco, cerca de uma semana depois da sua mulher ter falecido nas mesmas circunstâncias.

António Ramos Caniço estava internado no hospital em coma há vários dias. As cerimónias fúnebres estão marcadas para segunda-feira, a partir das 11h00, no crematório de Barcarena, em Oeiras.

Entrou na Polícia Judiciária em 1980, mas já servia a função pública desde 1973 como funcionário das Finanças. Ramos Caniço, considerado um dos históricos da PJ, aposentou-se desta polícia em 2013, como ​​​​​​​coordenador superior de Investigação Criminal, depois de 32 anos de serviço

Partilhe com os seus amigos: