Partido em 3 e sem sobreviventes. Foi neste estado que ficou o submarino que afundou

Morte de todos os 53 tripulantes a bordo do submarino foi confirmada este fim-de-semana.

O submarino que desapareceu a norte de Bali foi encontrado afundado a mais de 800 metros de profundidade e partido em três. As imagens confirmam o pior desfecho, não havendo, portanto, sobreviventes.

Um drone subaquático recolheu várias imagens que mostram os destroços do submarino indonésio no fundo do mar. 

“O ‘KRI Nanggala’ está partido em três partes. O casco, a popa e a secção principal encontram-se separados e a secção principal apresenta ruturas”, revelou o almirante Yudo Margono, chefe do Estado-Maior da Marinha.

“É com grande tristeza que podemos confirmar que todas as 53 pessoas a bordo estão mortas”, disse o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, general Hadi Tjahjanto, adiantando que foram encontrados mais objetos que confirmam que se trata do submarino desaparecido, incluindo coletes salva-vidas da tripulação.

Partido em 3 e sem sobreviventes. Foi neste estado que ficou o submarino que afundou

Imagem: Made Nagi/EPA

Joko Widodo, o presidente indonésio, já apresentou condolências aos familiares dos tripulantes, afirmando que morreram “como heróis”.

O ‘KRI Nanggala-402’ desapareceu na terça-feira à noite durante uma missão de rotina. Para já, desconhece-se ainda o que terá levado a embarcação a afundar-se.

O submarino foi construído para aguentar a pressão até aos 250 metros e terá implodido ao mergulhar a mais de três vezes aquela profundidade, o que explica o facto de se ter partido em várias partes.