Mulheres disfarçam-se de idosas para receber vacina do Covid-19

Mulheres disfarçam-se de idosas para receber vacina do Covid-19

Só foram descobertas quando se preparavam para receber a segunda dose da vacina.

Links patrocinados

O caso aconteceu na Florida quando, duas mulheres decidiram disfarçaram-se de idosas numa tentativa fracassada de conseguir uma segunda dose da vacina do Covid-19.

“Então, ontem, percebemos que algumas jovens vieram vestidas de avós para serem vacinadas pela segunda vez”, disse o Dr. Raul Pino, diretor do Departamento de Saúde da Flórida em Orange County. “Eu não sei como elas escaparam da primeira vez.”

Links patrocinados

Na fila para receber a segunda dose, a polícia surpreendeu as duas mulheres, que se encontravam na faixa do 34 e 44 anos, e retirou-as do local, estando a investigar o caso.

Segundo o diretor, Dr. Raul Pino, do Departamento de Saúde da Flórida em Orange County, disse que duas mulheres foram ao local na quarta-feira “vestidas de avós” para que pudessem receber sua segunda dose da vacinação. De momento, a Flórida está a vacinar apenas pessoas com 65 anos ou mais, bem como profissionais de saúde.

As autoridades de saúde estão agora a tentar perceber como foi possível que as duas mulheres tenham conseguido receber a primeira dose. “Detetámos que duas mulheres se vestiram de cidadãs idosas para receberem a vacina. Mas não sabemos como isto aconteceu. Elas tinham perucas, chapéus, luvas e óculos. Tinham o ‘cenário’ todo””, explica o diretor.

Segundo as autoridades, as mulheres foram ‘apanhadas’ após repararem que os nomes coincidiam com os seus nomes verdadeiros, mas as datas de nascimento não correspondiam aos registos. Em cima da mesa está a hipótese de as suspeitas terem usado uma identificação falsa, com o mesmo nome mas datas de nascimento diferentes.

O Dr. Paul Rino adianta que não é o primeiro caso detetado de uma fraude deste tipo no processo de vacinação naquela região. Segundo o médico, um homem que tinha o mesmo nome que o pai tentou fazer-se passar pelo idoso para poder ser vacinado.

As detidas não foram acusadas de nenhum crime. Apenas não receberam a vacina.

Partilhe com os seus amigos: