Virgínia descobre que tem cancro raro e poucos dias de vida: “Pensei muito antes de fazer esta partilha”

Virgínia Coutinho foi diagnosticada com um cancro raro há cerca de seis semanas. Foi através da rede social Facebook que profissional de marketing partilhou uma mensagem emocionante. A publicação foi feita esta segunda-feira e já conta com milhares de interações.

“Todos os dias tenho agradecido o simples facto de acordar.

Estas últimas 6 semanas estão a ser as mais difíceis da minha vida. Sei que esta partilha será um choque para muitos, e pensei muito antes de a fazer…

Há quase 6 semanas foi-me detetado Cancro Intra Hepático, nas vias biliares, estágio 4, sem cura, previsão de pouco tempo de vida.

Cancro raríssimo, que os médicos não conseguem sequer explicar como alguém com a minha idade o tem. Como me disse um médico a quem fui pedir 2a opinião, com +30 anos de carreira “É daqueles casos que sabemos que existem, mas que ninguém conhece ninguém”.

Estive 4 semanas no hospital. Comecei quimio de urgência, tive de parar porque as vias biliares estavam obstruídas (e o fígado não aguentaria a toxicidade). Fui para intervenção no Curry Cabral, que teve complicações sérias, como uma hemorragia interna em que poderia não ter sobrevivido. Sobrevivi!

Neste momento não me conseguem retomar nenhum tratamento que permita tentar a redução do tamanho do cancro (quando foi detetado tinha 11 cms, e estava cada vez maior e metastizado), para que possa ter um pouco mais de qualidade de vida nestes tempos (menos dor… mais energia, que tem sido pouca… ). O cenário não é o melhor.

Estou a ser acompanhada no HBA, Champalimaud, com o ter recorrido a CUF e outras opiniões externas. As opiniões são unânimes.

Aproveito esta partilha para vos fazer alguns pedidos… até porque em nenhum momento tenciono que tenham pena de mim, me considerem uma vítima, e muito menos demagógica 🙂

1- Deem sangue.  Sou dadora há imensos anos, mas não imaginam a gratidão que senti em cada transfusão (foram umas 6) que me foi feita, por alguém se ter predisposto a dar parte de si a quem precisa. As reservas estão baixas, não custa muito.
Quem tiver a oportunidade de o fazer, mande-me fotos!! Vou adorar saber que “inspirei”

2- Não adiem os vossos exames de rotina. Tenho ecografias a todos os órgãos abdominais que tinha feito em fevereiro de 2020, e em março de 2021 é-me detetado um cancro, com um tumor de 11cm sem cura, e que não para de crescer… Não descurem da vossa saúde.

3- Aproveitem a vida. Deem valor ao pouco que por vezes parece que têm…

Fica também um outro ENORME PEDIDO. NÃO me liguem para o telemóvel ( não tenho atendido nenhum telefonema nem o irei fazer), nem contactem as minhas irmãs…  como devem imaginar, está a ser demasiado para todos os que me são mais próximos.

Adoraria sim receber mensagens vossas, por mensagem de Facebook, por exemplo, com alguma boa recordação que tenham comigo… com alguma fotografia que tirámos no passado… com alguma palavra que me queiram dizer. Garanto que verei todas.

Quero aproveitar também para agradecer às minhas irmãs e ao João, que têm sido o meu grande apoio. Que deixaram as suas vidas em suspenso para virem cuidar de mim… que me mostram todos os dias que me amam incondicionalmente.

Quero também agradecer à fantástica equipa que tenho da Lisbon, que têm sido imparáveis, e que têm levado o barco a bom porto (para além do amor e carinho que sinto sempre do vosso lado).

Ao grupo restrito de pessoas que contei anteriormente, obrigada pela vossa amizade, carinho, mimos, e respeito que têm tido pelo meu espaço. Nunca duvidei, mas vejo com clareza hoje a pessoa sortuda que sou, e as pessoas maravilhosas que me rodeiam.

Nota: Foto tirada em Junho 2020, onde o conceito de dia feliz era completamente diferente do que é hoje.”

Se chegou até aqui, não se esqueça de partilhar este desabafo.