Detidos os 8 suspeitos de terem espancado funcionários e dono de restaurante em Odivelas

Oito suspeitos por agressão física em três funcionários de um restaurante em Odivelas, foram detidos pela PSP esta quinta-feira, 21 de janeiro.

Links patrocinados

A agressão decorreu em meados de novembro de 2020, tendo sido os suspeitos apresentados perante o juiz, ficaram sob prisão preventiva.

A PSP tem indícios, que o grupo é responsável por uma briga violenta no restaurante “Os Pipis”, situado em Odivelas, Lisboa.

Links patrocinados

Doze pessoas estavam no interior do estabelecimento e as agressões ao proprietário e funcionários do restaurante decorreram durante cerca de seis minutos, conforme foi registado pelas camaras de videovigilância.

Leia Também: Imagens mostram como começaram as agressões no restaurante em Odivelas

As agressões originaram três feridos, sendo dois de maior gravidade. A polícia de choque interviu no local, acabando por dispensar os envolvidos.

Uma das vítimas é familiar do militar GNR Hugo Emano. Relembra-se que em 2008, Hugo Emano, na sequência de uma perseguição em Loures, tirou a vida de um adolescente com 13 anos de idade.

As equipas da PSP identificaram os agressores, deixando apenas destruição para trás. No entanto, a investigação permanece ativa.

Partilhe com os seus amigos: