A homenagem ao jovem atleta morto à pancada na fila de uma discoteca no Porto: "Na nossa memória ficará sempre..."

A homenagem ao jovem atleta morto à pancada na fila de uma discoteca no Porto: “Na nossa memória ficará sempre…”

A homenagem ao jovem atleta morto à pancada na fila de uma discoteca no Porto: "Na nossa memória ficará sempre..."

O jovem de 23 anos que morreu esta segunda-feira na sequência de ter sido agredido na fila de um bar do Porto era atleta do Guifões Sport Clube.

Links patrocinados

Paulo Correia, de 23 anos, foi agredido na madrugada de domingo por um cidadão francês, que não gostou que o jovem português tivesse furado a fila de um bar na baixa do Porto.

O clube onde Paulo Correia jogava basquetebol, o Guifões Sport Clube, quis homenagear o jovem de 23 anos.

Links patrocinados

“No dia de ontem acordámos com a triste notícia de que o nosso ex atleta Paulo Correia sofreu um ataque violento que o colocou numa situação de luta pela vida”, começou por escrever o clube.

“Infelizmente, a situação era demasiado grave pelo que acabou por falecer. Juntamo-nos em dor à sua família, apresentando os nossos pêsames e desejando muita força e coragem para conseguirem ultrapassar esta perda”, pode ler-se ainda na mesma publicação.

Leia Também: Homem agredido por segurança tem o maxilar fraturado

“Na nossa memória ficará sempre o jovem atleta cheio de alegria que vestiu a nossa camisola e com quem partilhámos grandes alegrias. Até sempre”, despediu-se o clube.