Margarida vive terror às mãos do namorado rapper que já foi preso

Jovem de 24 anos já tinha sido preso preventivamente mas acabou por ser libertado.

Fábio Fonseca, de 24 anos, rapper conhecido como ‘Unclekeef’, espancou a namorada, Margarida, de 22 anos. O jovem já tinha sido preso por violência doméstica, mas Margarida pediu que ele fosse solto, depois deste ter prometido que iria mudar. O caso voltou a repetir-se e a jovem pede ajuda pois, para além de ser agredida, também recebe ameaças de morte.

Margaria chegou mesmo a afastar-se da família, depois de ter tomado a decisão de perdoar Fábio Fonseca. O rapper chegou a estar em prisão preventiva, mas a namorada disse ter mentido para o proteger.

Foi depois viver para o Algarve e convidou-a para ir com ele. De acordo com o Correio da Manhã, voltou a ser espancada e apresentou queixa. O jovem rapper não ficou satisfeito com a acusação e tornou a vir atrás dela e a agredi-la. As fotos e vídeos foram divulgadas nas redes sociais por uma amiga de Margarida.

“Isto está a acontecer agora! E eu estou aqui para divulgar esta barbaridade! Este indivíduo está em Lisboa! Estou em contacto com a Margarida que já fez queixa na polícia e estão, simplesmente, a desvalorizar [o caso]”, começou por escrever uma amiga na rede social Twitter, partilhando algumas fotografias da vítima.

Margarida vive terror às mãos do namorado rapper que já foi preso

“Esta senhora fez queixa, este ‘indivíduo’ esteve preso, mas ela como estava ‘agarrada’ a esta relação abusiva perdoou o agressor com as suas promessas de ‘desculpas’, agora vem finalmente expô-lo publicamente, pois está a ser agredida de forma violenta e não está a conseguir obter credibilidade! Ela espera obter alguma JUSTIÇA e alerta futuras mulheres, já foi agredida mais de 10 vezes até agora!”, acrescentou.

“Quantas foram as sobreviventes que já caíram na armadilha das ‘desculpas’? Todas! VEJAM! Ajudem-me a ajudar esta miúda! Peço aos meus amigos das artes que ajudem a partilhar esta história! Ele tem outra queixa de violência doméstica, posta por outra mulher! O perfil dele é @unclekeeff, que deve ter sido apagado, entretanto! @margarida.Castro”, lê-se ainda.

Para além da denuncia pública do caso, foi ainda criada um GoFundMe com meta de 2 mil euros para ajudar a Margarida.