Mãe enfermeira soube que o filho perdeu a vida durante o turno do hospital

Mãe do jovem de 15 anos que morreu durante a tarde desta terça-feira, na sequência da queda de uma baliza na escola, foi informada do trágico acontecimento durante o turno como enfermeira na Cirurgia do Hospital de Santo André, em Leiria, unidade hospitalar onde o jovem entrou nas urgências.

A direção do Colégio onde o jovem perdeu a vida, escreveu, através de comunicado que se encontra “perplexa, chocada e profundamente consternada com o sucedido, algo nunca ocorrido na escola, ao longo dos seus 79 anos, tendo sido disponibilizado apoio psicológico à família, colegas e comunidade escolar”. No mesmo comunicado, a direção endereçou os sinceros pêsames a toda a família da vítima e comunidade escolar.

David Santos perdeu a vida depois de ter sido atingido por uma baliza na cabeça. O jovem de 15 anos foi socorrido pelo INEM ainda no interior das instalações daquele colégio e posteriormente transportado de ambulância para o Hospital de Leiria, local onde deu entrada já sem vida.

A mãe do jovem, enfermeira de profissão, encontrava-se no turno da Cirurgia do Hospital de Santo André, em Leiria, quando o filho deu entrada nas Urgências daquela unidade hospitalar.

Durante a manhã desta quarta-feira, a PSP dirigiu-se às instalações do colégio, na Cruz da Areia, perto da cidade de Leiria, para recolher relatos de testemunhas e indícios. O expediente será depois entregue ao Ministério Público, que ficará a cargo do processo.