Sem trabalhar, Sócrates gasta cerca de 45 mil euros por mês

aSem trabalhar, Socrates gasta cerca de 45 mil euros por mês

José Sócrates, o antigo Primeiro-Ministro de Portugal, registou cerca de 545 mil euros de despesas num ano sem ter trabalhado.

Links patrocinados

Em média, José Sócrates gastou 45.400 euros por mês, no ano de 2012, sem ter qualquer trabalho remunerado. Foi nesse mesmo ano que o ex-primeiro-ministro português viveu em Paris, onde estudou Ciência Política. Frequentemente, viajava de França para a capital portuguesa, onde tinha casa.

“Ao longo do ano de 2012, o arguido José Sócrates despendeu um total de 544 865 euros, contando apenas com as quantias que passaram pela sua conta junto da CGD e com as quantias que o arguido Carlos Santos Silva lhe entregou em numerário”, escreveu o Ministério Público na acusação sobre esta situação.

Links patrocinados

A 5 de janeiro do referido ano, José Sócrates tinha apenas 4352 euros na sua conta da Caixa Geral de Depósitos. Para fazer face às despesas desse ano, Sócrates e o amigo Santos Silva, o alegado testa de ferro, combinaram um esquema para este último fazer chegar dinheiro à mãe do ex-primeiro-ministro e a João Perna, o seu motorista na altura. Depois terão colocado esse dinheiro na conta de José Sócrates.

Partilhe com os seus amigos: